Review – Super Mario World

Publicado: 26 de janeiro de 2011 em Games, Review
Tags:, ,

(Sim, mais um review de SMW no mundo! kkk)

Mario é O mais importante personagem dos games ever. Isso principalmente porque Super Mario Bros. é, provavelmente, o jogo mais importante já criado. Simplesmente mudou a forma como os jogos eram feitos e determinou todos os parâmetros que praticamente todos os jogos do mundo gamístico (principalmente os principais) seguiram. Mas também é um personagem importante porque Shigeru Miyamoto consegue manter todos os games da série num nível de excelência constante.

Digo mais, nenhuma outra mídia tem um personagem representante tão forte quanto o encanador italiano bigodudo. Você consegue se lembrar de um personagem que tenha marcado a categoria literária tanto assim? Ou um personagem de filme que se sobressaia sobre todos os outros desse jeito? Essa é a força de M dentro do mundo dos games.

Foi assim com Super Mario Bros. 3 (melhor pular o 2), que expandiu consideravelmente a experiência de jogo e é até hoje um game aclamado como poucos. E, o motivo desse review, o Super Mario World, que foi o primeiro Mario do Snes e conseguiu surpreender mesmo aqueles que já estavam surpresos com o 3, o que é um grande feito.

Entre as aquisições do game, está Yoshi, uma montaria. Um dinossauro que você usa durante o game. Geralmente, quando algo é incrementado em um game, é geralmente ou mal implementado ou simplesmente posto ali. Raramente mais que isso. Mas acontece que o Yoshi não foi só posto, como colocaram vários tipos de Yoshis com habilidades diferentes e segredos somente acessíveis com o uso destes. Segredos, aliás, é uma das coisas que os jogos de Mario mais tem.

Além disso, foi colocado um novo modo de voar para substituir a folha do 3. E vários outros itens interessantes foram colocados em ação aqui, sempre com várias utilizações interessantes e possibilidades enormes. É incomparável o número de ações diferentes que podem ser feitas com apenas um dos mecanismos de jogo. Talvez seja o melhor adventure já feito.

Agora chega de descrição e vamos prosseguir…

Gráficos

Simples, gráficos de início de vida do Snes, mas muito, muito bonitos. E, também, por ser um game enorme, gigantesco, há certas repetições de design, mas nada que atrapalhe, e inclusive isso é contornado de maneiras interessantes, através de combinações interessantes. E sempre há algo novo a ser visto. Ah, também tem um fantástico uso de cores!

Sons

Simples. Porém clássicos e muito bons. Nunca cansam. A mesma música é executada de várias maneiras diferentes, mas é muito difícil perceber se não souber de antemão. Os sons Fx são perfeitos.

Jogabilidade

Perfeita. E é isso que importa. O jogo é enooooooooooorme e apresenta sempre um desafio diferente, uma variação, uma ideia genial bem utilizada, um novo modo de jogar. Originalidade estava no topo aqui. E, por mais que tenham inventado sem parar, nenhuma das invenções dá errado. Todas as mecânicas da jogabilidade super variada funcionam com uma perfeição invejável e são muito bem utilizadas. Não tem nada subutilizado aqui.

Dificuldade

Pode ser considerado um jogo fácil. Talvez por isso muitas pessoas prefiram o SMB3, que tem uma dificuldade bem acima e praticamente as mesmas características de SMW (embora tenhas características únicas também). O legal é que a dificuldade do jogo advém da necessidade de habilidade do jogador, e não de qualquer outra coisa, como não saber o que fazer, por exemplo. Isso é uma coisa bacana, e necessária num jogo de aventura com tanto foco em gameplay.

Conclusão

Com certeza é um dos melhores games já feitos. As pessoas tendem a ter um pouco de preconceito com ele por causa de algumas coisas fofinhas existentes aqui e ali, mas ainda assim, o jogo é muito mais que isso. É um game para absolutamente qualquer pessoa. Para os gamers mais hardcore, tem muitos segredos que te levam a fases com uma dificuldade mais alta (Tubular, estou olhando pra você). Várias coisas desse game se tornaram clássicas. Infelizmente, não sei porque, a Nintendo tem aparentemente uma certa obsessão pela série Bros de Mario e não fez nenhuma continuação da World. O único outro game que leva World no título é Super Mario World 2 Yoshi’s Island, mas que não tem nenhuma das características do SMW original.

Enfim, se você quer diversão. E se você, ABSURDAMENTE, não conhece SMW (!), é praticamente obrigação jogá-lo. Pelo menos tentar. De verdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s